O mercado livre de energia elétrica, ambiente em que os consumidores podem escolher seus fornecedores do insumo, representa cerca de 27% da energia total comercializada no País. Os seus inúmeros benefícios ainda são pouco conhecidos no Brasil. Esses benefícios decorrem principalmente do fato de que o mercado livre permite a contratação de energia nas condições mais adequadas às necessidades de cada consumidor.

A possibilidade de escolher produtos específicos a cada perfil de consumo combinando sinais de preços e de investimentos contribui com a redução de custos e com a garantia de suprimento. No mercado livre, a competição entre os agentes é aproveitada em favor do bem dos consumidores. Neste documento são propostas melhorias nos mecanismos de funcionamento do mercado livre brasileiro, condições fundamentais para que ganhos de eficiência econômica sejam cada vez mais distribuídos para toda a sociedade.